PRA QUÊ?

PRA QUÊ?

À medida em que vamos flexibilizando, muda o mantra dos primeiros meses de isolamento de não sei para pra quê.

Aprendemos a ficar mais sozinhos, mais em casa, mais conosco mesmos e, um dia depois do outro, fomos gostando disso, reconhecendo vantagens. Agora que as portas estão se abrindo, parece que foi se dissipando aquela pressa toda por encontrar, abraçar, conversar, comprar, curtir junto.  E tudo isso só passa a valer a pena se tiver uma finalidade, um praquê pessoal, próprio de cada um. Mesmo -e por que não?- que seja for sentimental reasons.

Abrimos espaço para o nosso primeiro colaborador espontâneo, Armando Fantini, que elegeu o Perennials Forever para expressar o seu Ser ativo não é apenas estar saudável

Entre gatos e tragadas, Patricia Highsmith e o livro Sem limite ocupam o Leia! com Reinaldo Stuhlberger enquanto o Plano B de Mariano Lucente enfoca a virada de Maria para a vida.

Antes, durante e depois, valeria a pena refletir sobre os praquês da sua flexibilização. Não é só a questão de que os riscos continuam mas também e especialmente de que para tudo deve haver um propósito que nos mova. 

                   ângela cassiano 

17 comentários sobre “PRA QUÊ?

  1. Pingback: viagra for men
  2. Pingback: hims viagra
  3. Pingback: roman viagra
  4. Pingback: viagra users group
  5. Pingback: viagra wirkung
  6. Pingback: pfizer viagra
  7. Pingback: levitra vs viagra
  8. Pingback: viagra otc
  9. Pingback: viagra jokes
  10. Pingback: canada viagra
  11. Pingback: sildenafil 20 mg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, quero seguir o seu blog.