Perennial, você nasce assim! Ou é ou não é

Perennial, você nasce assim! Ou é ou não é

Com quatro anos, Valentina queria muito encontrar a fada do dentinho para lhe pedir um mundo sem regras. A minha mãe pôs aparelho dentário aos 73 anos. E um dos grandes prazeres da Giselle, aos 36, era ir ao Avenida Danças e ficar horas rodopiando com os velhinhos bailarinos. 

 PERENNIAL, VOCÊ NASCE ASSIM!

 OU É OU NÃO É

Mais que um status a ser atingido, ser perennial é uma constatação de vida. Tem a ver com liberdade, independência. Uma coisa de gênese que se estabelece longe de padrões, números, rótulos.

Vivemos num mundo cada vez mais líquido onde tudo dura pouco, experiências marcantes são esquecidas em 15 minutos e as mensagens -já com opiniões- devem ser respondidas em segundos. Ocupamos um espaço de modernidade fluida, no qual todos seguem regras silenciosas e parecem adolescentes grandes, adotando posturas, modas, linguagens e até sentimentos rigidamente patrulhadas pela exposição online constante. Integramos famílias cheias de dúvidas, escolas desacreditadas e religiões esvaziadas frente a um deus frágil.

Como que pertencentes a um outro mundo e daqui em diante alvo desse novo espaço virtual, reverenciamos os perennials, um universo alheio a adequações pré-estabelecidas e que se opõe aos limites de faixa etária supostamente reguladora das vidas humanas. Eles são o que todos podem ser, com vontade própria, ideias, buscas, desejos e afeições que nascem de cada um independentemente da idade e da geração a que pertencem.

Vamos conhecer vários deles e suas manifestações por vezes mais viscerais que mentais, livres, individualizadas.

Perennial não se faz, se descobre: pode ser uma pessoa, um carro, um livro, uma cidade, um prato ou uma bebida cujo traço comum é o comportamento e não quantos anos tenha. Para ele, a idade pouco significa.

                                                                                       ângela cassiano

2 comentários sobre “Perennial, você nasce assim! Ou é ou não é

  1. A Valentina nasceu perennial!
    Mas quero falar dessa maravilha que é a Casa Cinex e que não poderia haver uma patrocinador melhor para o blog da Angela. Parabéns pela sacada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, quero seguir o seu blog.