Plano B

Plano B

por Mariano Lucente

Sim, temos vacinas. Contra o sarampo, contra a gripe, contra a varíola, enfim, dispomos de várias vacinas para nos proteger. Infelizmente a vacina contra a COVID-19 vai demorar um pouco, mas com fé e acreditando na ciência, ela virá e vai solucionar grande parte dos problemas que esta pandemia tem causado à humanidade.

Existe, contudo, uma vacina que pode mudar e melhorar o Brasil, de longa data e renovável a cada quatro anos. Temos o direito ao voto. Ele tem o poder de curar o país, nos tirar do subdesenvolvimento e modificar nosso futuro, principalmente das desigualdades sociais e das injustiças todas.

Não tenho a pretensão de enaltecer ou apoiar nenhuma ideologia ou partido político. O objetivo é chamar a atenção sobre a responsabilidade na escolha de nossos representantes.

Penso que as eleições no Brasil deveriam ser facultativas e não obrigatórias. Quem quisesse votar, o faria de forma mais consciente. Devemos ser mais participativos nesse processo. Votar em ideias reais e factíveis de governo e em políticos íntegros e honestos com esse compromisso e não simplesmente votar em qualquer um apenas para cumprir com o dever cívico.

Quando contrato uma pessoa para trabalhar em minha empresa ou em minha residência, acompanho seu trabalho, frequência, comportamento. Participo ativamente nessa administração pois, afinal, estou pagando por algo e exijo o melhor de cada um. Não é realmente assim?

Também deveria ser em relação aos nossos candidatos eleitos. Queremos o melhor para cada um e para nossa comunidade. A verdade é que na maioria das vezes não acompanhamos seus trabalhos e chegamos até a esquecer em quem votamos.

Pense e repense. Não eleja/reeleja aquele político que não te representa adequadamente. Não devemos escolher candidatos inúteis. Faça isso. Você tem esse poder em suas mãos.

Participar ativamente das gestões públicas. Acompanhar os projetos e leis aprovadas, suas execuções e implantações e os problemas ou soluções advindos dessas ações. Vamos fazer diferente se queremos resultados diferentes.

Temos que sair da posição cômoda em que estamos (me incluo 100%). Reclamar depois é fácil e muitas vezes tardio. O mal, quase sempre, já está feito.

O resultado das ações de nossos quadros políticos não tem contribuído para correção dos problemas mais básicos (saúde, educação, moradia e segurança), muito menos em projetos de melhorias (formas de energia, logísticas integradas, medicinas alternativas, despoluição de nossos rios e lagoas, etc.).

Pense muito neste assunto já e antes da próxima eleição. Participe mais. Pode parecer chato mas é um excelente e desafiador Plano B de melhoria de nossas vidas.

Mariano Lucente (WhatsApp 11.955304623 e makeub156@gmail-com) é engenheiro, administrador, gosta muito de estudar e aprender. Já recebeu muito dessa vida e quer compartilhar conosco suas pequenas ou grandes guinadas, seus recomeços e todas as vezes em que teve que usar um Plano B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, quero seguir o seu blog.