PLANO B

PLANO B

por Mariano Lucente

SWOT
Desde que chegamos a esse mundo somos direcionados pela necessidade de sermos competitivos em tudo que fazemos. Iniciamos nossa marcha olímpica desde o momento da fecundação. Na escola, nos esportes, nos empregos, em família enfim, nascemos para competir e, se possível (uma cobrança quase obrigatória), vencer.

E como ficam as coisas em nossa vida nos pontos não descritos anteriormente e principalmente àqueles interiores a cada um de nós. Pontos que dependem exclusivamente da própria pessoa.

Temos muito a evoluir e melhorar. Podemos e devemos nos tornar pessoas melhores e mais úteis à sociedade.

Somos seres competitivos nas situações pessoais, profissionais, empresariais enfim, num todo, mas não precisamos ser destrutivos e sermos responsáveis por malefícios em nós e no próximo. Para que o mundo mude, precisamos iniciar nossa mudança em primeiro lugar. Fazer o certo e exigir que todos também o façam.

O Plano B proposto de hoje é utilizar a ferramenta de marketing SWOT que representa uma análise de 4 pontos muito importantes que podem ajudar no nosso desenvolvimento pessoal, afinal viver é o maior emprego que teremos nesta encarnação e nossa avaliação será feita ao final da jornada. Devemos concentrar mais tempo nos pontos fortes e nas oportunidades do que nos pontos fracos e ameaças.

Aquele que busca a melhoria de seus pontos positivos vai evoluir e os que se dedicam aos pontos negativos certamente e normalmente vão se tornar pessoas medianas. Concentre esforços na medida certa de cada ponto de sua vida.

Pense em você, em sua casa, na sua comunidade, no meio ambiente, etc. Há muito a ser feito e trabalhado.

S de Strength, representa as forças, habilidades, conhecimentos que temos e que demonstramos perante a família, grupo de amigos e para sociedade. É a capacidade que temos de realizar algo consistentemente. É preciso analisar o quanto estamos usando essas fortalezas em prol do bem, da coletividade, na evolução pessoal e espiritual. Descobrir atividades e atitudes que possam trazer grandes contribuições. Transformar e transmitir ensinamentos ao próximo é um dever. Querendo ou não sempre seremos espelho para alguém.

Quando evoluímos e melhoramos nossos pontos fortes automaticamente criamos uma onda positiva e tudo começa a melhorar.

W de Weakness, são nossos pontos fracos, difíceis de serem elencados por cada um de nós, mas muito fácil de serem identificados pelos outros. É a incapacidade de realizar algo ou de maneira satisfatória. Temos essa característica de ter maior facilidade em identificar os pontos fracos em nossos semelhantes do que as virtudes que eles carregam. Vamos refletir. Todos nós teremos uma lista de condutas e posturas a serem trabalhadas. Encarar de frente esses pontos e trabalhar arduamente na diminuição ou até mesmo na extinção é o grande objetivo.

Acabamos nos acomodando com certas situações e enxergando dificuldade em tudo que fazemos ou temos a fazer. Alguma coisa é impossível até alguém tentar fazer e realizar o trabalho. Que seja você esse agente de mudança.

O de Opportunity nos remete as oportunidades que a vida nos oferece, ao carinho sincero que os amigos verdadeiros estendem até nós, as ações que podemos fazer em busca de pessoas carentes e menos favorecidas, a uma evolução interior necessária, à saúde que temos e devemos manter. É a possibilidade de mudança e crescimento. Aqui cabe a decisão de qual caminho temos a seguir. O trem normalmente não passa duas vezes em sua porta. Vamos aproveitar o tempo que vivemos, principalmente aqueles repletos de saúde e energia.

As oportunidades certas vezes estão mais próximas do que imaginamos. Essa pandemia tem trazido exemplos de transformações que podem servir de exemplo para nossa vida. Observar sempre e apreender com a experiência de outros podem facilitar nosso trajeto nessa jornada.

T de Threats nos chama as ameaças e pontos que devemos nos preocupar e que podem incomodar nosso dia a dia e até mesmo uma vida inteira. São os hábitos, pensamentos e condutas negativas que impedem de realizar o trabalho com eficiência. Pensar nos obstáculos que temos e criamos a cada momento. Atacar nossos medos e inseguranças. Respeitar as adversidades, mas se preparar para vencer isso e seguir em frente.

As ameaças estão e estarão aí. O importante é enxergá-las, respeitá-las e se preparar para conviver e diminuir a importância desse tema. Transforme as ameaças em oportunidades.

O mundo é imenso e nossa vida é maravilhosa. Aproveitar intensamente cada minuto pois ninguém voltara a viver o minuto que passou. Não importa a idade que temos nem o momento da vida que estamos pois sempre é tempo de sonhar, planejar e construir.

Trechos da canção fortalecem essa proposta de Plano B

Penso que cumprir a vida seja simplesmente compreender a marcha e ir tocando em frente” – é isso, compreender quem somos, onde queremos ir e nos preparar para isso.

Um dia a gente chega e no e outro vai embora. Cada um de nós compõe a sua história” – a grande verdade de nossa vida. Precisamos ter como lema: Vim, vivi e venci. Todos vêm e todos irão.

Não importa em qual estágio estejamos em cada um desses pontos, se estamos com abundância ou com falta, certamente podemos sempre revisar, transferir, receber e melhorar. Não é uma questão financeira e econômica apenas. É uma questão de postura.

Precisamos parar de buscar responsáveis e colocar a culpa em terceiros ou em supostos “carmas” pelos nossos insucessos. Se todos fizerem sua parte, todos lucrarão com isso.

Mariano Lucente (WhatsApp 11.955304623 e makeub156@gmail-com) é engenheiro, administrador, gosta muito de estudar e aprender. Já recebeu muito dessa vida e quer compartilhar conosco suas pequenas ou grandes guinadas, seus recomeços e todas as vezes em que teve que usar um Plano B.

3 comentários sobre “PLANO B

  1. Olá Mariano
    Excelente texto sobre SWOT analysis, sobretudo, fazendo analogias com a vida pessoal. É bom parar e rever coisas , mesmo já conhecidas, mas em diferentes momentos da vida. Isto nos remete à reflexões importantes, principalmente no momento que estamos enfrentando!
    Parabéns!
    Abs

  2. Interessante Mariano, sempre utilizei a análise SWOT na vida profissional, nunca na vida pessoal. Acho que chegou a hora.
    Parabéns

  3. Cada dia melhor seus textos. Me vi nesse texto. As vezes parece que o diabinho que vive em mim diz… pare, para que fazer, isso, gastar tanto se tantos já fazem…. ?
    O anjinho vem e diz, faça por você,
    pela satisfação em fazer,; acredite, tudo já deu certo e não é gasto é investimento.
    Estou ouvindo mais o anjinho kkkk bora crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, quero seguir o seu blog.