Ficou seis horas sentada, quieta. No dia seguinte, levantou voo.

Ficou seis horas sentada, quieta.                                      No dia seguinte, levantou voo.

Conceição Souto foi minha secretária por alguns anos. Batalhadora, sempre sorrindo, era um prazer encontrar com ela todos as manhãs. Um dia me comunicou que ia sair. Ficamos tristes. Sem saber, estávamos encerrando uma etapa na vida dessa pernambucana de Ferreiros. Daquele momento em diante, pegou fôlego e cresceu.

Avisou o marido que as despesas da casa e da família, até então partilhadas pelo casal, teriam que ficar sob responsabilidade dele, pois ela ia finalmente tentar o seu próprio negócio.

“Desde Pernambuco eu penso nisso. Não me mexi antes por questões financeiras mas sempre sonhei com um negócio meu. Eu pensava em coisas de decoração, que sempre adorei, uma loja de adornos… mas Deus tinha outros planos para mim e hoje sou uma designer floral, uma decoradora de festas, casamentos. Já fiz mais de 150 decorações”.

Sua família de origem não era rica mas equilibrada. Seu pai, soldador, trabalhava em usina de açúcar e sua mãe era merendeira escolar. Ele fez questão que os oito filhos estudassem e foi o que aconteceu. 

Quando veio do nordeste para buscar novos horizontes, Conceição já era casada com o Paxa, como o chama carinhosamente, e o Ítalo era pequenininho. Trabalharam direto e muito. Ele é motorista particular há muitos anos, sempre de uma mesma senhora, que o tem como um faz tudo de confiança. 

Ela foi caixa do Viena, caixa do estacionamento do Plaza Sul, onde continuou trabalhando na tesouraria e como assistente administrativa até ir para a ACCESSO. Moram em Americanópolis, um bairro simples, perto de Diadema mas ainda em São Paulo.

A exemplo de tantos outros garotos, Ítalo queria desesperadamente ser jogador profissional. Conceição fez o que estava ao seu alcance para ajudá-lo mas, também a exemplo de tantos outros, não conseguiram. Quando o menino comunicou a família que ia seguir estudando e deixar para trás o sonho do futebol, a mãe pegou a deixa como a sua grande chance de realizar ela mesma o sonho que sempre teve.

O casal fez um plano de contingência e ainda contava com as economias dela que, contudo, foram embora com os cuidados de uma doença da mãe.

“Depois de já ter resolvido que ia agir por conta própria, gastei todas as minhas economias com a saúde da minha mãe. Fiquei seis meses cuidando dela. Nessas alturas eu tinha decidido fazer arranjos de flores artificiais e vendê-las num box perto da Igreja de São Judas. Sabia o valor e, mesmo tendo gasto as economias, segurei onde pude, juntei o dinheiro e fui lá fechar o negócio. Quando cheguei, seis meses depois, era o dobro do valor e esse eu não tinha”.

Foi uma ducha de água fria. Ela voltou para casa atordoada. Sentou no sofá e ficou seis horas ali, pensando.

“Meu filho me viu e disse que eu nem parecia a sua mãe. Fiquei pensando mais ainda. Percebi o quanto eu estava diferente, já não brincava, não fazia barulho… Me questionei, o que aconteceu comigo? Eu fiz o meu bom combate, guardei a minha fé. Aonde eu estou errando? O que está faltando, o que preciso fazer?”

No dia seguinte, juntou os arranjos todos que tinha num canto do quintal, improvisou uma prateleira, pôs tudo lá. Avisou o marido que ia usar o carro no domingo. Ele quis saber pra quê. “Porque eu vou vender os arranjos na feira”.

Ficou dois meses. Viu um cantinho, uma lojinha e convenceu o dono do local, um italiano, a aceitá-la mesmo sem dinheiro para depósito. Lá vendia arranjos artificiais e, nos finais de semana, flores naturais.

“Acredito que tem noites traiçoeiras mas a gente supera, a gente vence, o mal passa”.  Um dia veio o pedido de um bouquet de noiva e ela encarou o desafio, um segundo, um terceiro…. Muito religiosa, Conceição recebeu grande apoio do pessoal de igreja que frequenta, com indicações, endossos. 

Fez um curso de design floral, adaptou a sua própria técnica e experiência e vai trabalhando com garra mas absolutamente levada pelo coração.

Diz que sempre foi a sua própria incentivadora mas que recebe um forte apoio do marido. Só não chegam a um acordo em relação a valores. Ela cobra o que lhe parece bom para pagar os custos e ganhar a sua parte mas ele acha invariavelmente que é pouco.

“Nem sempre mas às vezes trabalho para gente simples, muitos sabem o que querem mas muito preocupados com os valores. Eu faço de tudo, ajudo no que posso. Fecho casamento pelo WhatsApp, só quando me parece necessário vou me encontrar com elas”.

Como não poderia deixar de ser, fica amiga dos noivos, das famílias. Todos gostam dela, recebem sua ajuda que, muitas vezes, vai bem além da decoração floral. “Tem uma que diz que fui a sua psicóloga, muitas que interpreto os seus sonhos, descubro o que sempre imaginaram. Outro dia ajudei a arrumar a barra do vestido da mãe da noiva…”

“Sonhar. E não acordar desse sonho. Essa sou eu. Estou grata a Deus principalmente, é dele o impossível. A meu marido, irmãos e amigos que torcem por mim. E claro, essas noivas lindas que Deus me manda. É maravilhoso…”

Não importa quantos anos a Conceição tem. Para ela a idade não faz a diferença.

10 comentários sobre “Ficou seis horas sentada, quieta. No dia seguinte, levantou voo.

  1. história sensacional falo com propriedade, pois minha amiga é uma guerreira que nunca desistiu dos seus objetivos, o Paxa como ela chama é um marido que nunca saiu do lado dessa mulher linda e corajosa e com o bombonzinho que é um apelido carinhoso que eles deram pro ítalo que eu também adotei com meu filho rsrsrs, formam uma família linda e unida, Ceiça parabéns para sua vida que Deus a abençoe cada vez mais , pois você é merecedora de tudo isso. amo vocês.

  2. Amei a sua história, já conhecia um pouco, mais esses detalhes de garra e força de vencer que existe dentro de vc, faz toda a diferença, e tenho certeza que o Deus que te deu essa luz pra clarear suas ideias (caminhos) tem muito mais pra vc. Parabéns que Deus te proteja com esse brilho encantador que é só seu. Quanto ao paxa e o Italo são pessoas iluminada, na verdade uma família amável sem palavras, muito sucesso pra vocês

  3. Amei a sua história ceiça, já conhecia um pouco, mais esses detalhes de garra e força de vencer que existe dentro de vc, faz toda a diferença, e tenho certeza que o Deus que te deu essa luz pra clarear suas ideias (caminhos) tem muito mais pra vc. Parabéns que Deus te proteja com esse brilho encantador que é só seu.

  4. Eu tive o prazer de ajuda- lá durante um tempo na sua loja. Uma pessoa merecedora de tudo o que tem, quem conhece sabe a mulher de coração enorme que ela é ❤️ .

  5. Tive o prazer de conhece-lá e ao Paxa tbm…
    São pessoas maravilhosas ilumidas por Deus..
    Desejo todo o sucesso do mundo pra ela e o céu é o limite.

  6. Linda história da Conceição Souto. Eu tive o privilégio de conhece- lá pessoalmente e ela me ajudou muito no início da minha jornada. Assim como ela, sou decoradora, porém no início não sabia fazer arranjos de flores naturais. Ela montou os arranjos do meu primeiro casamento que foi um sucesso e depois mais alguns e me deu a dic: faça o curso Si, para você mesma fazer os seus arranjos. Me passou o contato da escola e hoje somos amigas de profissão sempre trocando dicas. Gratidão Conceição. Te desejo muito sucesso sempre, você merece.

    1. Conheço bem essa guerreira, grande amiga verdadeira, de coração gigante, considero uma irmã de coração, Ceiça nunca desiste dos objetivos que acredita, temos lindas e engraçadas histórias juntas rsrs, amo muito e te desejo sucesso, Deus sempre contigo, grande abraço!

  7. Conceição, uma mulher de fé, dedicada e forte! Pernambucana arretada! ❤
    Fez do dia do meu casamento um verdadeiro sonho, e encantou todos com seu talento e carinho em cada detalhe!! Já a conhecia e já admirava, mas ainda assim me surpreendeu ainda mais.
    Conceição, linda, muito OBRIGADA por tudo, pela amizade, paciência, pretatividade e amor desde sempre! ❤ Você merece o melhor desse mundo.. Deus te abençoe infinitamente e te conceda muito sucesso! ❤

  8. Sensacional. Parabéns Ceiça. Eu vi sua historia.de perto, pelo menos a parte dela. Uma grande Gestora e principalmente numa grande pessoa.

    Parabéns

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, quero seguir o seu blog.